A Delegacia de Homicídios (DH) informou hoje que a idosa Lucia Regina Gomes, 69, foi morta no sábado pelo filho em um condomínio na Barra da Tijuca, na zona oeste, após os dois discutirem por um sanduíche.

Segundo a polícia, Igor Alves, 29, queria comer hambúrguer, mas a mãe queria comer outra coisa. Após uma briga, o filho espancou a mãe até a morte. Ao ser preso, ele disse aos policiais que odiava a mãe e que ele gostava apenas do pai, que morreu em 2017 de overdose. O crime está sendo investigado como feminicídio.

Quem é o suspeito De acordo com a DH, Igor abandonou o curso de Direito no sexto período. Ele concluiu o ensino médio no Colégio Anglo-Americano, escola bilíngue, que atende famílias de classe média alta na Barra da Tijuca. O rapaz não trabalhava e vivia de uma mesada de R$ 1.500, que considerava insuficiente. Igor foi preso no último dia 4, próximo ao Clube Marapendi, na Barra.

No carro dele, foram encontradas drogas e uma balança de precisão. No dia 6, ele conseguiu um habeas corpus e foi liberado para responder em liberdade. A própria mãe foi buscá-lo na cadeia. Ao chegar em casa, ele matou a mãe, segundo a polícia. Após matar Lucia Regina, Igor fugiu para o seu apartamento, também na Barra da Tijuca. O endereço do imóvel estava anotado na mesa da casa da mãe. Apesar de ser considerado um imóvel de luxo, policiais encontraram o apartamento com acúmulo de lixo, móveis quebrados, pouca iluminação e cheiro ruim.

Problemas com os vizinhos: No local onde foi preso, a equipe da DH constatou que Igor tinha problemas de relacionamento com os vizinhos. “Era considerado agressivo”, disse um investigador a Universa. Um funcionário do prédio relatou à polícia que na infância ele causava problemas no condomínio. “Desde criança ele aprontava no condomínio e os porteiros reclamavam com o pai, mas o pai descia na portaria para tirar satisfações com quem reclamasse do filho”. De acordo com a delegada Cristiane Carvalho, além de responder por tráfico, Igor tinha uma anotação contra ele devido a um desentendimento com um vizinho. “Um registro de dano que um vizinho fez contra ele, pois ele pegou uma faca e rasgou a tubulação de ar condicionado dele. Não havia nenhum registro de agressão contra a mãe. Somente isso e a prisão recente por tráfico”.

O crime: O assassinato aconteceu no sábado, depois de Igor deixar a cadeia. Ao chegar em casa, ele e a mãe discutiram por causa da escolha de um lanche. Igor tentou asfixiar a mãe, desferiu socos e chutes contra ela. Segundo a polícia, ele mesmo relatou que colocou os dedos nos olhos da mãe. Lucia foi espancada até a morte. Ela foi encontrada por policiais militares, que foram acionados pelos vizinhos.

Dois PMs, arrombaram a porta do imóvel e localizaram a vítima caída no chão do apartamento ensanguentada. Lucia morreu no local. Igor fugiu da casa da mãe antes da chegada da polícia. Ele deixou o local pulando o muro do prédio e foi para a sua casa, onde foi encontrado pela polícia. No local, ele não demonstrou arrependimento. A bolsa da mãe foi encontrada no imóvel com a quantia de R$ 600 reais.