Anúncios

Uma falha no sistema da Universidade Federal de (UFMT) fez com que informações pessoais de alunos e ex-alunos ficassem expostas nesta semana.

Em nota, a universidade disse que identificou a fragilidade apontada e está trabalhando para corrigi-la o mais rápido possível.

“A instituição reforça seu zelo com a dos dados da comunidade, que pode ser atestada pelas frequentes atualizações de segurança realizadas”, diz em trecho da nota.

A UFMT disse ainda que fez uma recente parceria com uma empresa de segurança cibernética para proteção dos sistemas da instituição contra invasões e que conta com o apoio da Secretaria de da Informação (STI).

Informações de matrículas dos estudantes ficam gravadas no Sistema de Informações de Gestão Acadêmica (SIGA), onde teria ocorrido a falha.

Entre as documentações registradas nesse sistema estão RG, CPF, dados bancários e endereços dos alunos.