Ele ainda tem 20 anos e joga no sub-20 do Grêmio, mas Rildo Gonçalves já vale mais de R$ 315 milhões no mercado do futebol. Nascido em Rondonópolis (215 km de Cuiabá), Rildo ganhou ascensão no clube gaúcho devido às boas atuações na Copa São Paulo de Juniores deste ano, quando a equipe foi vice-campeã da competição.

A expectativa é que ele seja promovido para o time profissional do Grêmio, tendo em vista o valor da multa rescisória de seu contrato, 50 milhões de euros, o equivalente a R$ 315 milhões. A multa é para barrar possíveis ofertas e contratações de outro time, além de ser um parâmetro do valor do jogador no mercado.

“Agradecer primeiramente a Deus e a todos os envolvidos. Familiares, minha mulher, amigos, empresários e todos aqueles que torcem por mim! Aos torcedores gremistas pode esperar muita entrega e amor por esse clube”, postou o jogador em seu Instagram após a assinatura.

Rildo começou no Rondonópolis Esporte Clube e aos 13 anos começou a treinar na base do São Paulo. Ao ficar livre para o mercado em 2017, recebeu propostas do Fluminense e do Grêmio, optando pelo time gaúcho.

Em 2019, quando ganhou a Copa RS sub-20, Rildo já tinha um contrato com multa rescisória de 25 milhões, que na época valia cerca de R$ 113 milhões. Com a renovação com o Grêmio, ele fica no time até o final de 2023.

Rildo foi autor do primeiro gol do Grêmio na Copa SP e está no radar da comissão técnica liderada por Renato Gaúcho desde o segundo semestre de 2019. O novo contrato foi assinado no último dia 15, em Porto Alegre, mas Rildo ainda não tem data para ser promovido.

O plano do Grêmio é incrementar o elenco principal para possível maratona de jogos depois da retomada do calendário.

 

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.