Anúncios

Feminicida, condenado a 20 anos de prisão, morre por -19. Otávio Lindolfo da Silva, de 79 anos, é a segunda vítima fatal por Covid-19 dentro da cadeia de (803 km de Cuiabá). Ele estava internado no Hospital Regional do município e faleceu na noite da última quinta (28). Por meio de nota, a confirmou a morte e relatou o idoso apresentava sintomas parecidos com os da doença e passou por atendimento médico na própria unidade na segunda (25). Segundo o último boletim da secretaria estadual de , até ontem (28), o Estado tinha 54 óbitos e 2085 casos confirmados. O novo óbito deve entrar no boletim da tarde.

Conforme a Sesp, o médico solicitou que o reeducando passasse por avaliação no posto de saúde próximo da unidade. De lá, foi transferido para o Hospital Regional, onde foi confirmado o diagnóstico de Covid-19 e passou a ser acompanhado na ala destinada aos pacientes com a doença, onde veio a óbito. A unidade penitenciária disse desconhecer se o recuperando sofria de qualquer outra comorbidade.

Esta é a segunda morte de recuperandos da unidade de Alta Floresta. A primeira ocorreu na quarta (27), quando foi confirmado o óbito por de um homem de 76 anos. Há mais um detento internado com coronavírus no . Outros cinco recuperandos testaram positivo para a doença, mas apresentam sintomas leves e estão em isolamento dentro da própria unidade. Quatro reeducandos estão com suspeita da doença e aguardam o resultado do exame.

Otávio matou a companheira, Cacilda Maria da Silva, de 75 anos, com um de faca, devido a ciúmes da vítima com o vizinho de chácara. O crime ocorreu no município de (762 km ao norte de Cuiabá) em março de 2017.

O corpo de Cacilda foi localizado na residência por familiares da vítima, que acionaram a polícia. Poucas horas após cometer o crime, o idoso foi localizado quando saía de um matagal.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.