Anúncios

Cinco pessoas contraíram a após a família decidir abrir o caixão durante o velório na cidade de Cairu, na . A morte foi registrada na última quinta-feira (7) e, como havia suspeita da doença, o caixão saiu lacrado da de Valença. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

No entanto, a família resolveu abrir o caixão durante o velório, mesmo com recomendações contrárias da secretaria municipal de de Cairu. O resultado do exame da vítima saiu na segunda-feira (12) e deu positivo para o novo coronavírus.

Após a confirmação, a prefeitura procurou as 12 pessoas que participaram do velório. Em um primeiro momento, os familiares não quiseram aceitar o diagnóstico. Depois, foram convencidos a também fazerem o exame. Cinco deles testaram positivo.