Anúncios

Um adolescente de 13 anos morreu em (237 km de Cuiabá), após ter sido diagnosticado com . A morte aconteceu dois dias depois de a vítima sentir febre e .

Os sintomas começaram a aparecer no domingo (19). Já na segunda (20), o menor deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Ele foi medicado e apresentou melhora, sendo liberado no mesmo dia.

Na terça-feira (21), porém, os sintomas voltaram mais fortes. A vítima foi internada em um hospital particular e morreu horas depois. Essa é a primeira morte causada pela doença na cidade este ano.

A Prefeitura de do Leste emitiu uma nota confirmando o diagnóstico de dengue e lamentando a morte do adolescente. O município também reforçou a necessidade de conscientização da população em eliminar os focos de proliferação do mosquito transmissor da doença.

O menino morava no Bairro São Cristóvão, que está na lista dos cinco bairros com mais focos de dengue no município.

O número de infectados por dengue na cidade, nos três primeiros meses deste ano, já é maior do que o total registrado no ano passado. De janeiro a março foram 1.211 casos confirmados, sendo que mais da metade dos registros aconteceu apenas em fevereiro.

“Para o combate à dengue a Prefeitura, por meio da Vigilância Ambiental, atua realizando constantes bloqueios nos bairros, com o trabalho de orientação, descarte de focos do mosquito e aplicação de veneno. Além disso, os agentes estão realizando mutirão para eliminação de foco aos sábados”, disse a prefeitura, em nota.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.