Anúncios

Um vídeo que circula pelas redes sociais na manhã desta terça-feira (03) mostra um suposto criminosso  sendo espancado por membros de uma facção criminosa. Ele seria um dos envolvidos no sequestro e agressões do padre Flávio Tartari, em Várzea Grande (MT), na madrugada do último domingo (1º).

Nas imagens, é possível ver que o suposto suspeito é levado para um lugar ermo, onde a sessão de espancamento tem início. Após as agressões, o homem fica com as costas bastante machucadas, enquanto que um dos criminosos ordena que ele não vire o rosto e nem se proteja.

Ainda durante as fortes imagens, o criminoso questiona o suposto assaltante. “Já levou salve, mas não aprende. Cala a boca. O cara criou o seu irmão, safado. O cara é padre e você vem roubar”.

Não há confirmação, por parte da Polícia Civil, de que o homem que aparece apanhando no vídeo seria mesmo um dos envolvidos no sequestro do padre. No dia do crime apenas um dos criminosos foi preso enquanto os demais conseguiram fugir.

Após ser rendido, amarrado e colocado no banco de trás de seu veículo, o padre ficou em poder dos bandidos por mais de 6 horas sendo agredido durante todo esse tempo.

Veja o vídeo:

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.