Anúncios

O Estado de Mato Grosso tem 11 casos confirmados de coronavírus. Desses, dois precisaram de internação para acompanhamento . Nenhum paciente está internado em Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com os dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde, nesta quinta-feira (26), são oito (8) casos confirmados em Cuiabá, dois (2) em e um (1) caso em .

Desde que o COVID-19 chegou ao país, o vem acompanhando a pandemia e, diariamente, adota medidas para minimizar os efeitos que o vírus pode causar, tanto na saúde pública como no aspecto social.

Todas as ações são pautadas seguindo as orientações e recomendações do , Organização Mundial da Saúde e Sociedade de Infectologia, principalmente no que se refere à restrição de circulação de pessoas, da atividade econômica e decreto de .

Seguindo as orientações do Ministério da Saúde, conforme determina o Plano de Contingência Nacional para Infecção Humana pelo no novo coronavírus (COVID-19), para se ter início a fase de mitigação é necessário o registro de 100 casos positivos.  Contudo, Mato Grosso já deu início a esse processo, quando só existiam casos suspeitos no Estado, fortalecendo sua rede hospital, com o início das obras de ampliação e construção de 200 leitos no Hospital Metropolitano em Várzea Grande; o cancelamento das cirurgias eletivas para que os leitos hospitalares da rede pública se mantenham vagos; ações para a compra de insumos e medicamentos, entre outros.

Todas essas ações são conduzidas pelo Gabinete de Situação, com a orientação do médico infectologista Adbon Salam K. Karhawi, com objetivo de potencializar a capacidade de resposta hospitalar com a intenção de evitar óbitos.