Anúncios

Juliano de Souza Lima ,de 28 anos, passou por julgamento, na última sexta-feira (31) e foi condenado a 26 anos e oito meses de prisão por homicídio qualificado, em (215 km de ). Ele é acusado de matar a ex-mulher dele, Miriam Fliemon Pinto, de 25 anos, quando ela foi buscar a filha deles, na casa do ex-sogro.

O caso

O crime ocorreu no dia 05 de setembro de 2018 no Loteamento Padre João Bosco Burnier, em Rondonópolis.

Segundo as investigações, quando Miriam chegou para buscar a filha, Juliano a chamou para conversar. Eles discutiram e o ex-marido, então, teria sacado o revolver e disparado três tiros na cabeça da vítima.

A mulher chegou a ser socorrida e levada para hospital, onde ficou internada em estado grave. Porém, não resistiu aos ferimentos e morreu. Juliano fugiu. Mas, foi preso dias depois do crime.

Juliano não foi julgado pelo crime de porte ilegal de arma.

Rondonópolis: Mulher é baleada pelo ex-marido no Loteamento Padre João Bosco Burnier

Rondonópolis: Polícia prende ex-marido que matou mulher com três tiros na cabeça

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.