A Polícia Judiciária Civil do município de Matupá (695 de Cuiabá), deu cumprimento na noite de quinta-feira (13.02), ao mandado de prisão preventiva decretado contra o autor do homicídio do empresário Faisal Ibrahim Abdulrahman Younes, de 49 anos.

O suspeito de 59 anos e sogro da vítima, teve o pedido de prisão preventiva por homicídio qualificado cumprido pelos policiais civis, logo após se apresentar na Delegacia de Polícia de Matupá.

Conforme a delegada Juliana Rado, o autor do crime se apresentou na noite de quinta-feira (13) sendo interrogado sobre os fatos e acusações. Após depoimento foi cumprida a ordem judicial de prisão preventiva.

O suspeito foi encaminhado para realização de exame de corpo delito e posteriormente para uma unidade prisional, onde ficará à disposição da Justiça.

“Nos próximos dias o inquérito policial instaurado para apurar o caso será concluído, com indiciamento do investigado pelo crime de homicídio qualificado”, destacou a delegada.

O caso

Um empresário de origem árabe identificado como Faisal Ibrahim Abdulrahman Younes, de 49 anos, foi morto e teve a mão direita decepada, na última quarta-feira (12), em Matupá (695 km de Cuiabá).

Conforme informações preliminares da Polícia Militar local o caso ocorreu durante uma briga familiar. No meio da confusão, o sogro teria se armado com um facão e decepado uma das mãos do empresário. Em seguida, desferiu vários golpes contra sua cabeça.

De acordo com a Polícia Civil, Faisal e a esposa tiveram uma discussão na noite anterior (11), que terminou com a mulher agredida. Diante disso, ela foi para a casa dos pais. O filho do casal ficou com o pai e durante a madrugada passou mal.

Os pais levaram o menino para o hospital e no local voltaram a discutir, havendo novas agressões à vítima. A mulher ligou para que o pai fosse buscá-la e deixou a unidade de saúde, encontrando o pai próximo à Escola Antônio Ometto.

Em seguida, pai e filha foram buscar o neto na casa do acusado. Na residência, o casal voltou a discutir e o empresário teria partido para agressão física novamente. Diante da cena, o acusado perdeu a cabeça e começou a discutir com o genro, em seguida, o assassinou.

Faisal chegou a ser socorrido e encaminhado para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.