Anúncios

O corpo de uma mulher identificada como Simone Ferreira, de 40 anos, foi encontrado enterrado no quintal da casa onde morava com o marido, em Paredão Grande, distrito de (447 km de ). Ela estava desaparecida desde o dia 31 de janeiro, o irmão dela fez boletim de ocorrência relatando seu sumiço e após 19 dias, o marido confessou ter matado e enterrado o corpo dela.

De acordo com informações da Polícia Civil, as investigações começaram só dia 17 de fevereiro, após o irmão da vítima registrar um boletim de ocorrência na cidade de . A última conversa entre os dois aconteceu no dia 31 de janeiro.

O irmão relatou que conversou normalmente com ela até por volta das 15h. Já no final da tarde, tentou um novo contato, mas ela não respondeu mais. Às 23h, o marido da vítima conversou com o cunhado, perguntando se ela estava em Barra do Garças, que eles tiveram uma discussão e ela disse que iria voltar para a casa do ex-marido.

O rapaz passou a procurar pelo ex-marido da vítima, que mora no Xingú. Só no dia 16 de fevereiro ele entrou em contato e informou que a irmã não havia aparecido na região. Ele também disse que a última vez que falou com Simone foi no dia 31 de janeiro.

Em sua denúncia à Polícia Civil, relatou que temia pela vida da irmã, já que ela tinha um relacionamento conturbado com o marido, com quem convivia há cerca de 7 meses e que possui passagens criminais e utiliza tornozeleira eletrônica.

Durante as investigações, segundo a polícia, Enriclei Alves Ferreira, de 38 anos, chegou a dizer que a mulher havia saído de casa após uma discussão entre os dois.

Já nessa terça-feira, o suspeito confessou à polícia que bateu a cabeça de Simone contra a parede durante uma briga do casal. Após a vítima ficar desacordada, ele a enterrou no quintal.

Equipe de investigadores foram até o local citado pelo suspeito, fizeram buscas e encontraram o corpo de Simone dentro de uma cova de cerca de 80 cm, no fundo da casa em que eles moravam.

O corpo da mulher foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML). Um exame de necrópsia deverá ser feito para avaliar as causa da morte.

O suspeito foi preso em flagrante e autuado por crime de .

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.