Anúncios

Um homem de 42 anos está sendo procurado pela polícia em São José do Xingu (950 km de ) suspeito de ter abusado sexualmente de sua enteada, de 14 anos.

Os abusos aconteciam na casa da família, quando a mãe da menina estava dormindo, ou quando ela ia ao banheiro.

O Conselho Tutelar soube do caso por meio de uma denúncia anônima e duas conselheiras foram até a casa da vítima para conversar com ela e descobrir se a denúncia era verdadeira.

Questionada, a adolescente contou que havia sido abusada há um ano e estava sendo assediada constantemente, sempre que a mãe a deixava sozinha com o padrasto.

Segundo a vítima, o suspeito pega nas partes íntimas dela e também a força a pegar no órgão sexual dele.

Para que a vítima mantivesse segredo, o suspeito ameaçou matar a mãe dela caso ela contasse algo à polícia.

Apesar da ameaça, ela tentou contar para a mãe sobre os abusos. A mãe, no entanto, não acreditou na filha e preferiu acreditar no marido.

Desesperada, a menina, segundo relato da mesma às conselheiras tutelares, pegou uma faca e disse ao padrasto que se ele tentasse abusar dela mais uma vez o furaria para se defender.

Após ouvir a adolescente, as conselheiras procuraram a polícia e registraram um boletim de ocorrência. A fez buscas pelo suspeito na cidade, mas, a princípio, ele não foi encontrado.

O caso foi registrado como estupro e deverá ser investigado pela .