Anúncios

Um eletricista identificado como Elizeu Amares Gomes, de 38 anos, morreu no final da tarde da última quinta-feira (6) após receber uma descarga elétrica, na Escola Estadual Zélia Costa Almeida, no 1, em .

De acordo com as informações, o caso foi registrado por volta das 17h. Segundo as testemunhas, a vítima estava fazendo instalação de ar, bem como outros na rede elétrica.

Ele estava na escola na companhia de outros , que organizavam a formatura dos alunos da instituição. Ao receber a descarga elétrica, ele ficou caído no chão da unidade.

A polícia e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram chamados, mas Elizeu já havia morrido. O corpo foi retirado e encaminhado ao Instituto Legal (IML).

A formatura acabou suspenso por conta da fatalidade.

A vítima trabalhava para uma empresa terceirizada que presta serviços ao .

A Polícia Civil foi acionada para investigar o caso, que é tratado como acidente de trabalho.

Nota da Secretaria de

Em relação ao acidente que vitimou um colaborador da Construtora Avance prestadora de serviço à , na Escola Estadual Zelia no Jardim Presidente, a Secretaria de Estado de Educação informa que:

A empresa responsável informou ter tomado todas as providências, com a família do colaborador recebendo toda a assistência. A Avance acrescentou que vai providenciar o sepultamento.

O colaborador dispõe de um seguro que cobre os serviços funerários e um seguro de obra feito pela Avance para seus colaboradores que chega a R$ 200 mil de indenização à família em caso de óbito.

Os advogados da Avance vão montar o processo e orientar a família de como buscar esse recurso. A empresa reitera que está à disposição da família para qualquer dúvida.

A Secretária Marioneide Kliemaschewsk lamentou o ocorrido se solidarizando com a família.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.