Anúncios

Baleada pelo ex-namorado por se recusar a reatar o relacionamento, Karina Souto Rocha, de 29 anos, teve a morte cerebral constatada, mas reagiu no momento em que os aparelhos seriam desligados.

Karina estava internada no Hospital Municipal de Barra do Garças (520 km de Cuiabá). Nessa segunda-feira (04/02/2020), após a ordem de desligamento, uma enfermeira entrou no quarto e viu a paciente mexer a mão. Assustada, ela chamou a moça pelo nome e Karina balançou a cabeça.

A enfermeira saiu correndo e gritando que Karina havia reagido. Chegaram a duvidar dela, mas novos exames mostraram que a jovem retornou do estado de morte cerebral.

“Eu estava lá fora. Tinha falado: ‘Deus, entra lá e reage a minha filha, em nome do nosso senhor Jesus Cristo’”, contou o pai, lembrando que a oração foi feita cerca de 10 minutos antes da notícia.

A recuperação

Karina foi levada de volta para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde segue internada. Ela não fala, mas já abriu os olhos e reage às pessoas ao seu redor.

O quadro clínico, segundo o pai, ainda é grave, mas a pressão está controlada e ele acredita na recuperação da filha.

“O que Deus fez, ele não voltar atrás para desmanchar. Ela estava já sem vida, o falou que ela ressuscitou”, ele lembra, contando que a situação levou até o médico e as enfermeiras às lágrimas.

“‘Realmente, Deus fez um milagre, porque não fui eu, não foi a Medicina. Eu e a não temos o que fazer para retornar uma pessoa, quando morre cerebralmente. Mas Deus fez o milagre’”, disse o médico, segundo palavras do pai de Karina.

Nas redes sociais de Karina, muitas pessoas estão mandado mensagens para que ela tenha uma boa recuperação. Outras afirmam que estão orando por ela.  Karina deve ser transferida em breve para outra unidade de saúde. A irmã, Débora Souto, está promovendo uma Vakinha Virtual para arrecadar dinheiro para sua recuperação. Não há meta estabelecida e cinco pessoas já ajudaram. Saiba mais clicando AQUI.

O caso

O Baltazar Augusto Menezes, 58 anos, cometeu suicídio, com tiro na cabeça, após disparar três vezes contra a ex-namorada Karine Souto, 29, no início da tarde do último sábado (1º) no município de Nova Xavantina (645 km de Cuiabá).

De acordo com informações da Polícia Civil, o crime ocorreu por volta das 12h45, no bairro Santa Mônica. Segundo testemunhas, um grupo de amigos conversava nos fundos de uma residência, quando o suspeito chegou e iniciou uma discussão com a ex-namorada.

Ele não aceitava o fim da relação e queria retomar o namoro. Ela não aceitou o pedido e devolveu um colar que Baltazar havia pedido. Quando foi guardar o objeto no carro, o homem pegou uma arma e atirou na vítima. Na sequência, deu um tiro na própria cabeça e morreu no local.

Karine foi socorrida e levada para uma unidade de saúde do município, onde recebeu os primeiros socorros, mas devido à gravidade dos ferimentos foi encaminhada ao Hospital Regional de Barra do Garças (150 km de Nova Xavantina).

O caso ainda segue sendo investigado pela Polícia Civil.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.