Anúncios

O senador Cid Gomes, 56 (PDT), irmão de Ciro Gomes (PDT), deu entrada no Hospital do Coração de Sobral (CE) por volta das 17h30 desta quarta-feira (19) com ferimento após ser atingido por tiro de arma de fogo.

Inicialmente, a assessoria do político informou que Gomes havia sido atingido por bala de borracha. Depois, confirmou que o tiro, de fato, foi de arma de fogo. “Neste momento, o senador passa por estabilização no Hospital do Coração de Sobral e será transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral”, disse em nota.

Nem o PDT nem Ciro Gomes, irmão de Cid, se pronunciaram sobre o ocorrido. A reportagem procurou a Secretaria de do Ceará e aguarda retorno.

Gomes participava de protesto de policiais que reivindicam aumento salarial. O senador pilotava uma retroescavadeira e tentava furar um bloqueio feito por PMs no centro de Sobral. Foram disparados tiros na direção de Cid Gomes, que atingiram os vidros do veículo onde ele estava.

Horas antes, Gomes postou em sua conta no Twitter que estava a caminho de Sobral. “Chego no aeroporto às 16h e peço aos amigos da cidade que me esperem no aeroporto. Vamos lutar para resolver isso juntos”, afirmou.

Veja a publicação do senador