O prefeito de Comodoro (600 km de Cuiabá) Jeferson Ferreira Gomes (DEM) cancelou as festividades do Carnaval 2020 no município. A razão, conforme publicado pela Prefeitura, se deve ao fato de que o dinheiro que seria utilizado nas comemorações será revertido na reforma de uma escola da cidade.

O anúncio de cancelamento da festividade foi publicado no portal da Prefeitura na última segunda-feira (03). Na publicação, o prefeito aponta que a decisão foi tomada visando o bem-estar e a melhoria da qualidade de vida da população.

“O Prefeito Municipal de Comodoro, Jeferson Ferreira Gomes, no uso de suas atribuições e visando bem-estar e a melhoria da qualidade de vida da população comodorense, comunica que está cancelado as festividades referentes ao Carnaval/2020”, narra a postagem.

Ainda segundo o anúncio, o dinheiro que seria gasto na festividade será revertido integralmente para a reforma da Escola Municipal da Gleba Macuco e o recapeamento da Avenida Prefeito Valdir Masutti.

A prefeitura não apontou que se o cancelamento da festa e futura realocação dos recursos foi executado mediante decreto ou qualquer outro dispositivo legal.

Improbidade administrativa

O prefeito foi afastado duas vezes do cargo no ano de 2019 por prática de improbidade administrativa, consistentes em desvio de dinheiro público por meio de empresa fantasma.

Além da ação judicial relacionada à empresa fantasma, Jeferson Ferreira também responde por outras sete ações de improbidade administrativa.

Em outubro de 2019, o prefeito também foi notificado pelo Tribunal de Contas de Mato Grosso.

Além do gestor, à época os chefes do Executivo municipal de Colíder, Guiratinga, Itiquira, Tesouro e Nova Monte Verde também foram alertados.