A Prefeitura de Rondonópolis firmou novo acordo na última segunda-feira (30) com a empresa de transporte coletivo Cidade de Pedra, que irá continuar a prestação do serviço por mais seis meses na cidade. A decisão foi tomada para garantir o transporte público à população enquanto o município trabalha na criação de uma autarquia pública de transporte coletivo.

O secretário municipal de Transporte e Trânsito, Rodrigo Metello, informou ainda que não há previsão de aumento da tarifa para 2020, com o preço mantido em R$ 4,10. Há, contudo, expectativa para melhoria no serviço com a disponibilização de mais 10 ônibus para rodar nas principais linhas, conforme acordo estabelecido entre Prefeitura e Cidade de Pedra.

Metello ressaltou também que servidores da Pasta atuarão diretamente na empresa Cidade de Pedra para acompanhar o serviço prestado durante a vigência do novo prazo de atuação da concessionária.

A medida da Prefeitura ocorre após cinco tentativas frustradas de licitar o serviço de transporte coletivo. Nas cinco licitações, realizadas ao longo dos últimos quatro anos, nenhuma empresa se apresentou para concorrer. Neste período, o município modificou os editais de licitação visando atrair empresas interessadas, mas a medida não teve efeito.

A alternativa encontrada pelo município foi a criação de uma autarquia que irá gerir o transporte público local. “Já estamos realizando os estudos necessários para a implantação da autarquia, mas como o processo burocrático leva um tempo para ser concluído, ficou definida a continuação dos serviços da empresa Cidade de Pedra por mais seis meses”, explica o secretário.