O ex-suplente de vereador Nivaldo Gomes de Souza, de 62 anos, foi assassinado no Centro Histórico de Arenápolis (233 km de Cuiabá), no final da tarde da última quarta-feira (8). A vítima foi atingida por diversos disparos, inclusive na cabeça.

De acordo com as informações de uma testemunha, Nivaldo estava em um Fiat Strada e parou para conversar com ela.

Momento em que um veículo ocupado por duas pessoas ainda não identificadas parou ao lado, o passageiro sacou uma arma e disparou 3 tiros contra a vítima, que morreu na hora.

Polícia Militar foi acionada e isolou o local do crime para a chegada da Perícia Oficial e de Identificação Técnica (Politec) e também da Polícia Civil.

Nivaldo era filho do ex-prefeito de Arenápolis, Cícero Francisco de Souza, e chegou a assumir uma cadeira na Câmara de Vereadores de Alto da Boa Vista, durante licença de uma colega.

Em 2011, Nivaldo foi condenado pelo homicídio triplamente qualificado de Fabiano Martins Coelho, ocorrido em 23 de dezembro de 2009, também em Arenápolis. O crime teria ocorrido após o suplente ter denunciado a vítima Fabiano Coelho à polícia, por pescar durante a Piracema.

Com medo de uma possível vingança, Nivaldo Souza contratou Jonathan Oliveira para matar Fabiano, por R$ 2 mil. Os tiros atingiram a cabeça e o tórax da vítima, que morreu em decorrência desses ferimentos.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.