Anúncios

Uma enfermeira alemã foi presa sob a acusação de ter administrado morfina para recém-nascidos no hospital universitário da cidade de na .

A investigação policial começou depois de a equipe médica perceber que cinco bebês internados no local começaram a apresentar problemas respiratórios praticamente no mesmo dia.

Ao realizar exames, o grupo de encontrou traços de morfina na urina das e decidiram acionar a polícia.

Desvendar a autoria do crime foi simples: os investigadores perguntaram quem eram as pessoas de plantão no dia 20 de dezembro de 2019 – data do início dos sintomas. Em seguida, revistaram os armários pessoais dos plantonistas e em um deles foi encontrada uma seringa suja. Exames laboratoriais confirmaram que o objeto estava contaminado com morfina.

Dona do armário, uma jovem enfermeira foi presa, mas ela nega que tenha dado a medicação às crianças. Os recém-nascidos, com até um mês de idade, passam bem e o esperado é que não apresentem consequências causadas pelo ato criminoso.