Anúncios

Um show do cantor sertanejo foi cancelado em do Leste (243 km de ) na noite de sexta (11) e causou revolta dos fãs. Pedras foram atiradas no ônibus da equipe do músico e uma carreta também teria sido danificada.

Eduardo relatou o ocorrido no stories do seu perfil no : “quebraram o meu ônibus, jogaram pedras, as pessoas não entendem, quebraram os vidros do ônibus, quebraram a minha carreta… as pessoas não entendem quando atrasa show. Eu nunca atraso show, eu sempre estou duas horas antes do show no camarim, sempre que atrasa não é por culpa minha”.

Desde antes do cancelamento do show, o cantor gravou vídeos relatando que havia mais de duas horas aguardando para o início do evento. Eduardo disse que pensou em subir ao palco somente ele e o violão, mas a energia não daria conta sequer desta possibilidade. O som mecânico funcionava, segundo relatou.

Os problemas no som, de acordo com o cantor, teriam ocorrido por problemas nos geradores alugados para alimentar o equipamento. Ele citou que sempre que algo do gênero ocorre é por “incompetência de alguém”. O cantor se disse “envergonhado, triste e contrariado” pela situação ao falar sobre o assunto na manhã deste sábado (12).

“Estou triste pra caralho por não ter cantado em Primavera, essa cidade onde comecei minha carreira”, diz em trecho do vídeo. Ele prometeu ainda voltar a Primavera e “fazer o melhor show da vida” dele. Neste sábado, Eduardo Costa se apresenta do Galpão, em .