Anúncios

A (SES-MT) divulgou alerta aos municípios da região norte para que redobrem a atenção no diagnóstico e tratamento da , dando atenção especial aos casos suspeitos oriundos de áreas de garimpo. é um estado que integra a área de transmissão da doença.

De acordo com a orientação da Vigilância Epidemiológica da SES-MT, a notificação de casos suspeitos deve ser feita tanto na rede pública como na rede privada de . Os medicamentos utilizados são distribuídos pela SES-MT aos Escritórios Regionais de Saúde e, posteriormente, aos municípios de abrangência. Os componentes devem ser solicitados por meio do Sistema de Insumos Estratégicos de Saúde (SIES).

“A região está abastecida de medicamentos e a SES-MT, por meio da Vigilância, vem promovendo capacitações naquela regional de saúde, para o diagnóstico e tratamento da doença”, destacou a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Alessandra Moraes.

A orientação técnica recomenda que o caso suspeito deve ser imediatamente notificado com a ficha SIVEP MALARIA, já disponibilizada pela SES-MT aos municípios, e encaminhado para a coleta de exame para imediato diagnóstico e inicio do tratamento. Também é necessário registrar todos os exames de controle de cura.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.