Anúncios

Bruna Reis Figueiredo, de 20 anos, poderá perder o título de Miss Campo Novo do Parecis (MT) 2019. O comunicado foi feito pelos organizadores do concurso 2019, depois que a jovem foi criticada por uma atitude considerada discriminatória.

Em um vídeo divulgado por Bruna em seu Instagram, ela apareceu zombando um entregador do aplicativo Uber Eats. Ele usava uma bicicleta para fazer as entregas.

O vídeo foi feito na noite de quarta-feira (23). Ao ser compartilhado no Twitter, o vídeo atingiu mais de 200 mil visualizações.

“Eu não acredito. Está ruim para mim, está ruim para você, está ruim até para o Uber Eats. Olha isso daqui. Não é desmerecendo o trabalho do menino, mas é ai que você vê o porque sua comida chega atrasada. A pessoa além de estar de bicicleta, esta na marcha lenta, não está conseguindo subir a ladeira”, diz a jovem, enquanto dá gargalhadas.

O vídeo foi gravado na Avenida Miguel Sutil, em , na noite de quarta-feira (23). Assim que foi publicado, diversos comentários repreendendo a jovem foram feitos por internautas.

O caso também alcançou outras plataformas e chegou a ser comentado nacionalmente. A repercussão atingiu grandes proporções porque aconteceu na mesma semana em que o cantor de funk MC Gui foi repreendido por zombar de uma na Disney.

Bruna excluiu todas as postagens do instagram e, na biografia, postou uma mensagem pedindo desculpas: “irei reparar meu erro ! Me desculpe. Não aguento mais”, seguida de um emoji de choro.

Instagram/ Reprodução

Depois, postou uma , com uma imagem na cor preta, com uma mensagem dizendo que quer localizar o entregador para pedir desculpas a ele. “Por favor, quem souber quem é ele entra em contato! Vou reparar meu erro”, diz.

Nos stories, nesta sexta-feira (25), ela fez um post dizendo que a família dela está sendo atacada e pediu que as pessoas não façam isso. “Por favor, parem. Estão atacando a minha família”, diz a mensagem.

Instagram/ Reprodução

Em nota, os organizadores do concurso de beleza de Mato Grosso afirmaram repudiar atitudes discriminatórias. Garantiram ainda que Bruna sofrerá sanções.

Leia a íntegra da nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A organização responsável pelo Concurso Miss Mato Grosso 2019, diante das notícias veiculadas nos últimos dias envolvendo a miss Campo Novo do Parecis 2019, Bruna Figueiredo, vem a público informar que repudia qualquer atitude discriminatória ou que deprecie outro ser humano. Tal conduta não é condizente com a função assumida ao conquistar a coroa que ela representa.

Neste sentido, a organização deverá se reunir para apurar a conduta da miss Campo Novo do Parecis e aplicar as sanções possíveis, incluindo a perda do título.

Warner Willon e Nadeska Calmon
Organização Miss Mato Grosso 2019

Confira o vídeo abaixo: