Anúncios

O dono de um Thermas obrigou um menino de 12 anos a cavar a própria cova, sob a mira de um revólver, na última quarta-feira (02), no município de (139 km de ).

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado pela avó da vítima, o empresário ficou revoltado após a criança, supostamente, ter destruído uma placa do seu estabelecimento.

A mulher narrou à que estava em Rondonópolis (212 km de Cuiabá) quando sua sobrinha ligou afirmando que o acusado teria avisado que o menino havia destruído a placa e exigia o pagamento.

Em seguida, a avó da criança foi ao entender o que tinha acontecido e se deparou com o neto muito abalado.

Ele contou que foi retirado pelo empresário de casa, sob mira de uma arma e levado até a propriedade. “Começa a cavar sua cova, que eu vou te matar, cadê o meu dinheiro”, diz trecho do B.O.

Enquanto o menino cavava o buraco, o homem teria atirado para cima. Com medo de morrer, a criança correu para casa, escreveu uma carta para os familiares e fugiu.

No entanto, a família conseguiu encontrar o menino no mesmo dia e, em seguida, denunciou o caso à polícia.

Agora, os investigadores ouviram as testemunhas do caso e, posteriormente, abrir um inquérito policial.