Anúncios

Policiais do 5º Comando Regional da , em parceria com a força especializada da Polícia Militar de Goiás, montaram uma operação para recapturar quatro fugitivos do presídio de Montes Claros (GO). A PM tem localizado os veículos roubados e deixados pelos suspeitos.

A suspeita é que os quatro, identificados como Deusmar de Souza, Luciano Carneiro de Souza, Fabrício Beraldo Farias e Igor Fernandes Barreira seriam os autores do homicídio do produtor rural identificado como Antônio Carlos Guimarães, de 73 anos,  que teve seu veículo F4000 roubado na região de Guiratinga (329 km de ).

De acordo com a polícia, os quatro detentos fugiram do presídio no último dia 21 de outubro, após cavarem um buraco na parede de uma das celas. No dia 23 os policiais encontraram um veículo que foi roubado por dois dos fugitivos.

Já na sexta-feira (25) foi roubada uma camionete Chevrolet D10, na área rural de Pontal do Araguaia, que depois foi abandonada e encontrada no sábado (26) na região do município de General Carneiro. A PM havia recebido a informação de que o veículo teria sido abandonado em uma região de mata na divisa entre General Carneiro e Guiratinga.

Com o apoio da Polícia Civil eles foram ao local e encontraram o veículo. Nas proximidades eles também encontraram o corpo do idoso de 73 anos. A suspeita é que os fugitivos seguiram a pé após abandonarem a D10 e abordaram o idoso para roubar sua F4000, que também já foi recuperada.

Segundo a PM, toda a força tática do 5º Comando Regional está mobilizada na procura, assim como toda força especializada da PM-GO, inclusive policiais de folga, trabalhando em conjunto para que os fugitivos sejam localizados. Informações preliminares dão conta que os quatro fugitivos estão juntos, porém em momentos distintos, eles foram vistos se deslocando separadamente, o que a PM acredita que possa ser uma tentativa de despistar as equipes de busca.

Se você tiver alguma informação sobre o paradeiro dos envolvidos, entre em contato através dos números 190 ou 197. Ainda, há a possibilidade de denunciar pelo http://www.pm.mt.gov.br/denuncias