Anúncios

O motorista que foi preso suspeito de ter matado um professor em Rondonópolis (215 km de ), foi solto após pagar fiança.

O acidente ocorreu na madrugada do dia 7 de setembro. Alessandro Gomes de Jesus, de 33 anos, que era professor, morreu ao ter a motocicleta atingida pelo carro de Kaio Wilson Rodrigues, de 23 anos. O motorista estava embriagado e em alta velocidade no momento do acidente.

Kaio estava preso mas foi liberado pela Justiça após pagar R$ 7,5 mil de fiança.

A morte do professor causou comoção em Rondonópolis. Ele foi homenageado na última sessão da Câmara e uma das creches da cidade receberá o nome do professor.

O acidente

Alessandro Gomes era professor e dava aulas em duas escolas da rede municipal e em uma de Rondonópolis. O motorista estava embriagado, dirigia em alta velocidade e foi preso.

O acidente ocorreu no cruzamento da Avenida com a Avenida Dom Pedro 2, por volta de 1h20 (horário de ).

Kaio estava com sinais de embriaguez, como olhos vermelhos, sonolência e odor de álcool.

Kaio dirigia pela Avenida Dom Bosco, no sentido bairro/Centro, quando atravessou a avenida e atingiu a moto do professor, que estava no sentido oposto.

A vítima não resistiu e morreu ainda no local do acidente.