Anúncios

Um crime bárbaro foi registrado em um dos condomínios fechados mais luxuosos de (215 km de ) na tarde desta terça-feira (24). Segundo as primeiras informações, Bruno de Lima Pereira, de 27 anos, disparou no mínimo dez vezes contra Renecléia Aparecida Bispo, de 41 anos, que trabalhava como porteira no local.

De acordo com a , o suspeito do crime também trabalhava no condomínio como vigilante. Entretanto, não estava trabalhando no momento do crime.

Ainda segundo a polícia, o homem chegou de moto e, na portaria, teria sacado a arma e efetuado os disparos contra a vítima. Ela foi encaminhada para o Hospital Regional, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

Testemunhas do crime, informaram que o , depois de descarregar sua arma, municiou novamente o revólver calibre 38 e voltou a disparar contra a mulher.

Após os disparos, Bruno em posse da arma, montou em uma motocicleta e fugiu em direção à Vila Paulista. Perseguido por um veículo, segundo populares, ele foi atingido, caiu ao solo e fugiu a pé, se escondendo dentro de uma propriedade rural. Na fuga o suspeito deixou para trás a arma que teria sido utilizada e um colete.

Uma operação foi armada para tentar capturar Bruno, homens da PM, sendo da Força Tática e do Comando de Ação Rápida (Car), além de policiais civis e federais, estão cercando o local e vasculhando cada centímetro da propriedade para localizar o suspeito.

Três horas após o crime, devido as dificuldades noturnas, os policiais deixaram a propriedade. Segundo o Capitão De Deus, da Polícia Militar, o suspeito atravessou o rio e fugiu para região de mata pertencente a .

A polícia ainda não informou o que teria motivado Bruno a cometer o crime.

 

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.

Uma resposta em “Rondonópolis: Em ataque de fúria, segurança executa mulher em condomínio de luxo”