Anúncios

Mato Grosso é o terceiro estado com maior registro de aberturas de estabelecimentos comerciais, segundo levantamento sobre varejo da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e (CNC). As aberturas foram registradas no primeiro semestre de 2019.

Conforme o CNC, Mato Grosso teve abertura de 576 lojas com vínculos empregatícios. Em primeiro aparece São Paulo, com 1.134 aberturas, seguido pelo estado do , com 713.

Entre os principais segmentos, os hiper e supermercados se destacaram positivamente em números absolutos (+2.716), seguidos pelas lojas de utilidades domésticas e eletroeletrônicos (+450) e pelo ramo de farmácias, drogarias e perfumarias (+397).

Ainda conforme o levantamento do CNC, até dezembro serão abertas 5,4 mil lojas no país, o que representa 8,7 mil novos pontos comerciais com vínculos empregatícios em 2019. Entretanto, a expansão do setor seria menor do que 2019, que foi de 11,7 mil.

A crise no varejo brasileiro teve início em 2014, quando as vendas encolheram pela primeira vez em onze anos (-1,7% em relação ao ano anterior, de acordo com a Pesquisa Mensal de Comércio do ).

Nos dois anos seguintes, o quadro se agravou, com o comércio apurando perdas reais de faturamento de 8,6% e 8,7% em 2015 e 2016, respectivamente. Assim, o setor acumulou retração de 20% no volumes de vendas naqueles três anos.