Anúncios

Um homem acusado de abusar estuprar suas enteadas de 10 e 14 anos teve o mandado de prisão cumprido pela , na manhã da última sexta-feira (20), em ação realizada pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, da Criança e do Idoso (DEDMCI) e Delegacia Regional de (228 km de ).

A.N.L., 30, foi preso em uma propriedade rural, na comunidade Vila , em Cáceres, por força de mandado de prisão por estupro de vulnerável

O crime foi denunciado na Delegacia depois que, durante uma conversa na , uma das vítimas tomou coragem para falar dos crimes praticados pelo padrasto. Ela revelou situações de estupros sofridos durante anos. Segundo a vítima, ele oferecia presentes com intuito de aliviar os danos causados pelos crimes sexuais.

Após o registro da ocorrência, foi representado pelo mandado de prisão preventiva contra o padrasto, que foi deferido pela Justiça e cumprido na sexta-feira (20). Com a ordem judicial em mãos, a equipe da DEDMCI, com apoio da Delegacia Regional, foi até o sítio, onde ele estava escondido.

Além do cumprimento do mandado de prisão, os policiais apreenderam na propriedade uma espingarda calibre 22, que pertencia ao dono do sítio.

Diante da situação, os dois foram conduzidos à Delegacia da Mulher de Cáceres, local em que foram tomadas as providências para cumprimento da ordem de prisão contra o estuprador e lavrado o flagrante contra o proprietário do sítio, por posse ilegal de arma de fogo.