Anúncios

Mais de 40 alunos com idades entre 6 e 10 anos, foram intoxicadas na Escola Municipal Abdala José de Almeida, em , nesta sexta-feira (30). A escola fica localizada no Bairro São Mateus.

Conforme a Prefeitura de Várzea Grande, 31 foram levadas para o pronto-socorro e outras 15 para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Ipase.

Pais de alunos disseram que as crianças passaram mal depois de tomarem um suco oferecido no lanche da escola.

No entanto, segundo a Prefeitura de Várzea Grande, ainda não há confirmação do que pode ter causado mal estar nos alunos.

Os secretários de e de Educação estão no pronto-socorro para acompanhar o caso. Já a Vigilância Sanitária já esteve na escola e recolheu todos os alimentos que estavam no local.

As 43 crianças foram encaminhadas às unidades hospitalares por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Vômito e tonturas

O secretário de Educação de Várzea Grande, Silvio Fidelis, esteve no Pronto Socorro e informou que a maioria dos alunos deram entrada na unidade de saúde com sintomas como tontura, vômito e diarreia.

Segundo ele, ainda não é possível dizer o que teria provocado o mal-estar, mas todas as crianças estão sendo atendidas e não há nenhuma em estado grave de saúde.

“A nossa preocupação é em atendê-los. Somente depois de um diagnóstico é que a gente vai saber o que aconteceu”, afirmou.

De acordo com Fidelis, as crianças foram servidas com a mesma alimentação que é feita sempre e ainda não há confirmação de que o mal-estar tenha sido causado por conta do alimento.

“Nós pedimos para que as equipes da Vigilância Sanitária e da Alimentação Escolar fossem até a escola verificar o alimento que foi ingerido e o suco que eles tomaram, para que a gente possa ter um diagnóstico melhor. A posição da Prefeitura é de fazer a investigação. A direção da escola já está dando todo o atendimento necessário para que a gente possa verificar o que aconteceu”, disse.

Foram os que notaram os sintomas em massa e anunciaram a direção da escola, que decidiu encaminhar as crianças para o hospital. A data de validade do suco ingerido foi verificada pela direção, que constatou estar dentro do período.

“A escola tem quase mil alunos e nós temos um total de mais ou menos 50 aqui. Então, tem algumas crianças que tiveram a mesma rotina hoje e não passaram mal”, afirmou o secretário.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.