Anúncios

Valdinei Souza da Silva, de 24 anos, acusado de matar a tiros a travesti Tábata Brandão, de 30 anos, foi condenado a 20 anos e seis meses de prisão em regime fechado. O julgamento dele ocorreu na última sexta-feira (24), em Rondonópolis (215 km de ).

Segundo a , na época do crime, testemunhas apontaram o acusado, conhecido como “Vavá” como autor do crime. Ele foi preso cerca de três meses depois.

De acordo com a investigações, o crime foi cometido em junho de 2017, em razão da vítima ter reagido a um xingamento do agressor numa rua de cidade.

Valdinei foi preso, três meses após o , em uma ação entre a Polícia Civil, e ().

Segundo a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), durante a investigação ficou constatado motivação homofóbica, por causa da orientação sexual da vítima.