Anúncios

Casuar, uma ave de garras afiadas, atacou e matou seu dono no Condado de Alachua, no norte da Flórida (EUA).

O dono do pássaro, Marvin Hajos, de 75 anos, segundo o canal de CNN, ligou inicialmente para o número de emergência, o 911 nos EUA, na sexta-feira, por volta das 10 horas da manhã. Uma segunda ligação veio de outra pessoa no local pedindo socorro envolvendo um grande pássaro, disse as autoridades.

Wikimedia/Reprodução

Hajos foi levado para um hospital próximo, onde morreu. A ave casuar permanece na propriedade de Hajos enquanto as autoridades conduzem uma investigação sobre o ataque, disse ele.

O proprietário era um criador do pássaro raro que é nativo da e Nova Guiné, disse o vice-chefe dos bombeiros do condado de Alachua, Jeff Taylor.

A morte foi um acidente, disseram autoridades. Parece que o homem caiu e a ave o atacou depois da queda, disse Taylor.

O casuar é um “pássaro grande e que não voa, mais parecido com o emu”, de acordo com o Zoológico de San Diego. O casuar tem a capacidade de correr e pode chegar a 50 Km/h. Além disso, a enorme ave consegue saltar quase 7 metros no ar e é um experiente nadador.

“O casuar é considerado a ave mais perigosa do !”, afirma o zoológico. “Cada pata de três dedos tem uma garra semelhante ao punhal no dedão interno de até 10 cm de comprimento. O casuar pode cortar qualquer predador ou ameaça em potencial com um único chute rápido.”