Anúncios

Um bebê de 28 dias morreu no último domingo (28), no Hospital Municipal de (148 km de Cuiabá), à espera de um leito numa Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A médica que atendeu o paciente registrou boletim de ocorrência sobre o caso ao alegar que a mãe do bebê tentou agredi-la ao saber da morte.

A família, por sua vez, alega que pediu que ela não desligasse os aparelhos até que conseguissem a vaga, que foi liberada horas depois do falecimento, segundo o tio do bebê, J.V.. “Pedimos pelo amor de Deus que ela não desligasse porque ele estava reagindo, mas ela disse que iria desligar e desligou”, afirmou.

Jean disse que a família estava tentando vaga para o recém-nascido em todos os municípios, não só pelo , mas em unidades particulares, até que conseguiram uma vaga na em um hospital de Cuiabá, depois que ele já tinha morrido.

O tio disse que a família procurou a polícia para denunciar o caso, mas que a delegacia estava fechada. Ele afirmou que nesta segunda-feira (29) vai prestar queixa para que o caso seja investigado.

BO da médica

A médica M.M.A.A. disse, como consta no boletim de ocorrência, que estava de plantão na sexta-feira (26) quando o bebê acompanhado pelos avós, deu entrada no hospital pela primeira vez. Ele foi atendido, medicado e liberado, com receita para tomar medicação em casa.

No dia seguinte – no sábado (27) – ele retornou com quadro de insuficiência respiratória. Foi atendido por ela e por outro , que também estava de plantão, o quadro foi estabilizado. Por volta de 23h, o quadro respiratório se agravou e ele foi entubado.

Segundo a médica disse à polícia, na madrugada deste domingo (28), o paciente teve quatro paradas cardiorrespiratórias e no início da manhã teve outra parada cardiorrespiratória, vindo a falecer.

Os tentaram reanimar o paciente, mas sem êxito. “A mãe do bebê, P.C.V.V., sob forte emoção, proferiu xingamentos e tentou agredir fisicamente a médica, que se deslocou até a delegacia para registrar o boletim”, diz trecho do boletim de ocorrência.

O corpo da foi velado e sepultado neste domingo, em Jaciara.