Anúncios

20 alimentos que não precisam ir para geladeira

Embora a geladeira seja uma ótima forma de conservação de alimentos como ovos e leite, ela é dispensável para armazenar diversos produtos comestíveis. Mas como você sabe quais deles podem resistir à temperatura ambiente e quais não podem? Veja a seguir uma lista de 20 alimentos que não precisam ir para geladeira, de acordo com a ciência.

 

Tomate

De acordo com o Almanaque dos Agricultores, esses frutos suculentos devem ser mantidos à temperatura ambiente. Resfriar os tomates abaixo de 12oC compromete o sabor e a textura do fruto (de acordo com dados do Procedimentos da Nacional de Ciências dos EUA).

 

Marmite (e outras pastas salgadas)

Pastas salgadas como a inglesa marmite podem ser armazenadas fora da geladeira por vários meses. Pesquisas mostram que o alto teor de sal do produto impedirá que ele mofe (sal age como um conservante).

 

Catchup (e a maioria dos condimentos)

As pessoas discutem se esse condimento deve ser guardado na geladeira ou no armário, mas realmente é uma questão de gosto: você prefere o catchup gelado ou à temperatura ambiente? Como ele é rico em sódio, pode ser armazenado em uma prateleira por cerca de um mês.

 

Bananas

Bananas também costumam levantar a questão se devem ser colocadas na geladeira ou não, mas a resposta mais uma vez é uma questão de preferência pessoal. A ciência descobriu que o processo de amadurecimento da banana diminui quando a fruta é exposta a temperaturas baixas, ou seja, bananas mantidas na geladeira ficarão relativamente verdes. Se você quiser que as bananas fiquem mais maduras, deixe-as para fora.

 

Manjericão

Essa erva delicada perde seu sabor e textura quando exposta a temperaturas frias, então mantê-la na geladeira não faz sentido. Você deve cultivar a planta, secar as folhas ou congelá-las.

 

Abacate

A fruta verde cresce em temperaturas quentes, então coloca-la na geladeira diminuirá o processo de amadurecimento. O abacate dura entre dois a três dias na geladeira, depois disso, seu sabor e textura ficam comprometidos.

 

Pão (e outros farináceos)

Não há nada melhor do que morder um pedaço de pão fresco – e nada pior do que fazer o mesmo com um pão retirado da geladeira. Os ingredientes naturais que entram na massa não se saem bem em temperaturas frias e secam. Guarde o pão fora da geladeira.

Batatas

As batatas não se dão bem em temperaturas frias, sejam elas doces ou convencionais. Por quê? De acordo com o Almanaque dos Agricultores, as baixas temperaturas causam estragos nos amidos naturais do alimento, o que significa que as batatas envelhecem e perdem o sabor quando refrigeradas. A organização aconselha que elas sejam armazenadas em um saco de papel em temperatura ambiente.

Café

A Associação Nacional do Café dos EUA diz que os maiores inimigos do café são “ar, umidade, calor e luz”. Como as geladeiras estão cheias de umidade, elas não são consideradas um bom lugar para armazenamento. A organização sugere que os grãos de café sejam armazenados em recipientes herméticos.

Ameixas

As ameixas se comportam como pêssegos quando refrigeradas – elas murcham e não amadurecem. Se você adora o sabor fresco das ameixas, é melhor armazená-las em temperatura ambiente.

Xarope de ácer

Curiosidade: os açúcares em xaropes de ácer cristalizam quando expostos a temperaturas baixas. É por isso que você notará que a textura do produto muda na geladeira. Embora a mudança seja reversível, é aconselhável manter o xarope em temperatura ambiente.

Mel

Assim como acontece com o xarope de ácer, os açúcares presentes no mel não reagem bem quando ficam muito frios, o que pode fazer com que o produto endureça ou perca o sabor na geladeira. A fim de evitar que isso aconteça, é aconselhável armazená-lo em temperatura ambiente.

Manteiga

De acordo com Jeff Potter, especialista em ciência de alimentos e autor do livro Cooking for Geeks (Culinária para Geeks, em tradução livre), a manteiga é um alimento que pode ser armazenado na geladeira e em temperatura ambiente. “A manteiga está bem no limiar para saber se é segura sem refrigeração, e o sal reduz a água disponível [para as bactérias]”, disse ele ao site TheStreet. “Manteiga sem sal deve ser refrigerada, mas a manteiga salgada fica bem fora da geladeira”.

Pepino

De acordo com dados do site americano de saúde Fruits and Veggies More Matters, o pepino é um dos muitos alimentos que perdem o vigor quando refrigerados. Guarde-o fora da geladeira e longe da luz solar direta.

Pêssegos

Os pêssegos também não gostam de temperaturas frias, o que significa que armazená-los em um local prejudicará seu sabor e textura. O Almanaque dos Agricultores sugere que as pessoas comprem pêssegos conforme a necessidade, você pode armazená-los fora da geladeira e comê-los quando amadurecerem naturalmente.

Alho

O alho fica mais saboroso quando armazenado em temperatura ambiente, observa o centro de Agricultura e Recursos Naturais da Universidade da Califórnia. Temperaturas frias fazem os bulbos germinarem e perderem o sabor. A organização aconselha que as pessoas armazenem o produto em um local bem ventilado, onde ele possa permanecer por de três a cinco meses.

Iogurte

Acredite ou não, mas o iogurte deixado fora da geladeira não é prejudicial à saúde. “As bactérias presentes no alimento são na verdade uma variedade benéfica para nós, então se você deixar acidentalmente o iogurte em temperatura ambiente por oito horas, não há problemas”, diz Jeff Potter, especialista em ciência da comida e autor de Cooking for Geeks (Culinária para Geeks, em tradução livre).

Molho picante

Produtos à base de vinagre podem durar até três anos em uma prateleira de armário, de acordo com o site TheKitchn.com. Além disso, manter o molho picante na geladeira pode comprometer o sabor do produto. Guarde o produto no armário longe da luz natural.

Abóbora

Esses legumes duram bastante ​​e se desenvolvem quando deixados para amadurecer em ambientes com temperatura ambiente. Algumas variedades conservam seu sabor por até seis meses.

Picles

Os picles não precisam ser armazenados na geladeira. O vinagre e o sal preservam o produto, o que significa que ele pode ser guardado fora da geladeira por vários meses.