Anúncios

Morreu, aos 17 anos, a adolescente Yasmim Gabrielle Amaral, que ficou conhecida nacionalmente há alguns anos por suas apresentações musicais no Programa , no . Ela também participava do quadro Eu e as Crianças e teve inúmeros momentos divertidos com o apresentador – ela o chamava de ‘vovô Raul’.

A informação da morte da ex-caloura mirim foi confirmada por familiares e amigos da jovem. Ainda segundo eles, ela tinha depressão. No Facebook, dezenas de pessoas próximas a Yasmim, deixaram suas homenagens. “Vocês sabem o que é depressão? Pra quem não sabe ou acha que sabe, é uma doença muito grave que atinge o autoestima, psicológico e o emocional das pessoas“, escreveu Luis Gabriel, amigo de Yasmim Gabrielle.

Outros amigos e fãs da jovem também lamentaram o ocorrido. “Não consigo acreditar que você se foi. Yasmim Gabrielle. Vou te guardar sempre no coração”, disse uma internauta. Já outra escreveu: “Hoje Deus levou você pra perto dele. Descanse em Paz”.

A última aparição de Gabrielle na foi no ano de 2017, numa participação especial no programa de Raul Gil, onde ela relembrou suas performances.

Em 2015, ela também participou do programa e cantou uma música da banda Calypso.

Em 2012, Gabrielle perdeu a mãe, vítima de um câncer. Inclusive, Raul já foi até a casa da garota, onde conversou com a mãe, que na época estava doente. A jovem também relatou que havia perdido o irmão a pouco tempo.

Em sua conta do Instagram, o filho do apresentador do SBT, Raul Gil Junior, que é produtor musical, lamentou a morte da artista mirim: “Infelizmente nesta manhã perdemos nossa . Depressão é uma doença que está acabando com nossas crianças. Que Jesus à receba com amor e que ela encontre paz. Muito triste”.

Nos comentários, artistas e internautas lamentaram a morte da adolescente. “Meu Deus, quanta tristeza”, escreveu o ator Matheus Ueta. “Meu Deus, essa menina era cheia de luz e alegria … não dá pra acreditar”, escreveu a cantora e apresentadora Mary Silvestre.

Assista aos melhores momentos da ex-caloura no programa do Raul Gil.

CVV

O Saiba Tudo Mato Grosso tem a política de publicar informações sobre casos de suicídio ou tentativas que ocorrem em locais públicos ou causam mobilização social. Isso porque é um tema debatido com muito cuidado pelas pessoas em geral.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que assuntos relacionados a suicídio não venham a público com frequência, para que o ato não seja estimulado. O silêncio, porém, camufla outro problema: a falta de conhecimento sobre o que, de fato, leva essas pessoas a se matarem.

Depressão, esquizofrenia e o uso de drogas ilícitas são os principais males identificados pelos médicos em um potencial suicida. Problemas que poderiam ser tratados e evitados em 90% dos casos, segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria.

O CVV (Centro de Valorização da Vida) realiza apoio emocional e prevenção ao suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, por telefone, email, chat e Skype 24 horas todos os dias.

Você pode conversar com um voluntário do CVV ligando 188 ou, em Cuiabá, você também tem a opção pelo telefone (65) 3321-4111 os dois canais funcionam 24 horas.

Toda a forma de contato com o CVV é feita via atendimento por um voluntário, com respeito e anonimato, não aconselhamento nem julgamento e que guardará estrito e sigilo sobre tudo que for dito.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.