Anúncios

Uma investigadora da Polícia Civil identificada como Márcia Régia de Matos, de 59 anos, foi sequestrada durante um assalto e seu corpo foi encontrado horas depois na cidade de Ribeirão Cascalheira (900 km de Cuiabá). O crime ocorreu no começo da noite de sexta-feira (22), por volta das 18h15.  A Polícia está mobilizada para prisão dos autores do roubo seguido de sequestro e morte.

De acordo com informações da polícia, Márcia Regina de Matos Silva estava na casa dela, em uma região de chácaras, quando foi abordada pelos suspeitos.

Ainda segundo a polícia, até o momento, as informações dão conta que um grupo estaria fazendo uma série de assaltos na região onde a investigadora morava, até que chegaram na casa dela.

A vítima foi levada pelos assaltantes, junto com o e as armas que tinha em casa. Eles teriam encontrado a carteira funcional da servidora e descoberto que era policial.

O corpo da investigadora foi encontrado próximo à BR-158, entre Ribeirão Cascalheira e Querência, a cerca de 60 km de onde foi levada, ao lado do carro dela, que foi abandonado.

A investigadora Márcia Régia de Matos completaria neste ano 29 anos de Polícia Civil. Ela é da turma de outubro de 1990, que ingressou Polícia Civil de . A policial era natural de Araguarça (GO).

Márcia Regia de Matos Silva deixa dois filhos e iria se aposentar em três meses.

Reforço

A Secretaria de Estado de () e Diretoria da estão dando total apoio às equipes da região, tanto com reforço policial quanto aparato logístico e investigativo.

Uma equipe da Gerência de Operações Especiais (GOE) e Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) seguiram para região, e nesta manhã, o delegado geral da PJC, Mário Dermeval Aravéchia de Resende, o diretor de interior, Walfrido Nascimento, e presidente do sindicato do investigadores de polícia, Edleusa Mesquita, também estão a caminho do município, em uma aeronave do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), para acompanhar os trabalhos e prestar à família da investigadora.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.