Anúncios

O Corpo da professora Rosângela da Silva, desaparecida há 13 dias, foi encontrado na noite da última quinta-feira (07), em uma região de mata, nas margens da MT-249, próximo a Nova Mutum (241 km de Cuiabá.

A obteve êxito na localização da professora após vários dias de buscas. A jovem foi encontrada sem vida, com objetos como o relógio e roupa que confirmam serem realmente de Rosângela.

Policiais civis estavam fazendo buscas e, no final da tarde, nas proximidades de um rio, a cerca de 40 km de Mutum sentido São José do Rio Claro, sentiram cheiro forte e acabaram achando o corpo. E, ao que tudo indica, não teria sido enterrado pelo assassino.

Familiares e amigos de Rosângela acompanham de perto os da Polícia.

Reprodução

O empresário Alessandro Lautenschlager, 31 anos, que foi namorado da professora, está preso desde a última quarta-feira (30), em Foz do Iguaçu (PR), por ordem judicial, e deve ser transferido para Mato Grosso. A Polícia Civil tem fortes suspeitas que ele matou Rosângela. No entanto, Alessandro se manteve em silêncio no interrogatório para a polícia paranaense.

Em breve mais informações.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.