Anúncios

Foi encontrado na manhã desta terça-feira (26) o corpo do jovem Gabriel Rodrigues, de 21 anos, que desapareceu na noite do último sábado (23), após jantar com colegas de trabalho, no Distrito de Deciolândia, em Diamantino (183 Km de Cuiabá).

Quatro colegas dele foram presos suspeitos de matar a vítima depois de uma discussão.

Arquivo pessoal

Gabriel trabalhava como classificador de grãos de uma empresa multinacional em uma propriedade rural e estava no primeiro dia de trabalho em um armazém de grãos.

O rapaz era morador de da Serra (242 km de Cuiabá). Além de Gabriel, um colega dele, Fernando Silveira, também havia desaparecido. A Polícia Militar descobriu que Fernando foi o principal suspeito de cometer o crime.

Fernando foi preso depois de pegar carona em um caminhão na região. Antes, a polícia tinha recebido informações que ele tentava pegar carona com em uma rodovia.

Segundo o gerente da fazenda, Gabriel e Fernando teriam discutido no dia em que a vítima desapareceu. Eles teriam levado bebida alcoólicas para o alojamento. A prática é proibida na empresa, de acordo com o gerente.
“Ele confessou o crime e informou que outras pessoas estavam envolvidas. Mais três suspeitos foram presos e conseguimos localizar o corpo do Gabriel”, disse o tenente da PM, Natan Alves.

Conforme os policiais, Gabriel teria sido morto em uma discussão com os colegas. Ele foi atingido por golpes de faca e teve o corpo jogado em uma lavoura. Os quatro suspeitos foram levados para a Polícia Civil de da Serra.

As atividades na fazenda foram paralisadas por conta do crime.

 

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.