Anúncios

Um homem identificado João Marcos da Silva Araújo, de 43 anos, foi morto a tiros na manhã da última segunda-feira (4), no bairro Taquarussu, em Campo Grande, por um policial militar, depois de tentar atacar os militares.

A confusão que terminou em morte seria porque o homem, que mora em uma vila de casas – um total de 3 – estaria se masturbando em frente a adolescentes que moram nas outras residências. Uma das meninas teria ligado para a polícia, que também acionou a Força Tática.

Quando chegaram ao local e entraram na casa encontraram o autor armado com uma faca, que passou a fazer ameaças de morte aos militares. Foi pedido que ele largasse a faca, mas não atendido. Neste momento, João teria dito que tinha uma arma em casa e que usaria contra eles se necessário.

Momento em que os policiais efetuaram quatro disparos de bala de borracha contra o homem, que ainda avançou com a faca em direção a um militar cortando a farda do agente. Dois disparos de arma foram efetuados contra João o atingindo no tórax. Ele morreu no local.

A vítima tinha passagens por de drogas.