Anúncios

O funcionário de um posto de combustível em (215 km de ), identificado como Edimar Almeida Branco, foi preso suspeito de estuprar uma adolescente e oferecer R$ 200 para a vítima, na última sexta-feira (18). Segundo a , Edimar negou o crime e alegou em depoimento que ofereceu uma carona para a adolescente.

O caso foi denunciado à polícia pela mãe da adolescente.

De acordo com a PM, ela trabalha no mesmo local que o suspeito e mora em uma casa aos fundos do posto, cedida pelo dono do estabelecimento.

No relato, a vítima contou que foi ao mercado a pedido da mãe e, quando estava na frente do comércio, foi abordada pelo suspeito, que ofereceu R$ 200 para manter relações sexuais com ela.

Na ocasião, o suspeito também teria pedido que a menina entrasse dentro dele. Dentro do carro, segundo o relato da vítima, o homem começou a acariciá-la e durante o ato ela pediu que ele parasse.

De acordo com o boletim de ocorrência, a adolescente contou que, depois disso, o suspeito a levou para a casa dele, onde o estupro teria ocorrido.

A vítima foi encaminhada para uma unidade hospitalar onde passou por exame para confirmar o abuso.

O caso vai ser investigado pela .

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.