Anúncios

Um homem identificado como E.R.S. de 39 anos , foi preso na noite da última quinta-feira (15), por conduzir uma carreta embriagado na MT-130, próximo do km-83, no município de Poxoréo ( 280 km de Cuiabá).

De acordo com informações do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, um funcionário na Concessionária informou aos policiais que um motorista conduzia uma carreta Volvo fazendo ziguezague pela rodovia. concessionária da rodovia.

As manobras perigosas do caminhoneiro chamaram a atenção dos funcionários e outros condutores.

Ao ser abordado, ele fez o teste bafômetro e a suspeita de embriaguez se confirmou, o aparelho apontou 0,73mg/l. O limite tolerado para que não se caracterize infração de trânsito é de 0,04 miligramas.

Também na última quinta-feira (15), por volta das 16h30, na MT-040, rodovia de acesso ao município de Nossa Senhora do Livramento, na Baixada Cuiabana, policiais do Batalhão de Trânsito prenderam em flagrante delito uma mulher que dirigia um veículo de passeio, um Toyota Etios, em visível estado de embriaguez.

De acordo com informações da assessoria de imprensa, H.L.S.L., 61 anos, fazia ziguezague pela rodovia quando foi alcançada pelos policiais. Ela passou pelo teste do elitômetro que apontou 0,45mg/l. Presa em flagrante, acabou sendo levada para a Central de Flagrante do Cisc Verdão, em Cuiabá.

CONSEQUÊNCIAS

Além de ser preso e autuado, o motorista que dirige embriagado tem a habilitação apreendida (perde o de dirigir) e deve pagar mais de R$ 3 mil em multa e, claro, fiança para que possa responder pelo crime em liberdade. Isso se não causou acidente com vítima, caso dessas duas prisões registradas.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.