Anúncios

Uma mulher identificada como Alessandra Fernandes Silva, de 29 anos,  foi assassinada com vários golpes de faca e um tiro, dentro da casa onde morava em (450 km a Oeste de ).O principal suspeito do assassinato é o cunhado da vítima que não foi encontrado.

Reprodução

Conforme consta no boletim de ocorrência, a filha de 4 anos da vítima presenciou todo o crime. Conforme informações da , os militares foram acionados após vizinhos ouvirem um tiro vindo da casa da mulher, a equipe acionada para atender a ocorrência foi recepcionada pela filha da vítima, uma menina de 4 anos de idade, que saiu na porta da casa e disse:

“Tio, minha mãe está morrida lá dentro”, relatou o policial no boletim de ocorrência, descrevendo as palavras da .

Ela repetiu a frase e os policiais decidiram pular o portão da casa.

Alessandra foi encontrada caída com o rosto no chão na porta da cozinha. Perto dela os policiais acharam uma espingarda calibre 22 e diversas facas.

A criança afirmou aos policiais que o tio dela havia matado a mãe e que havia presenciado tudo. O foi chamado e confirmou que Alessandra já havia morrido. O Conselho Tutelar e a Polícia Civil também foram avisados sobre o crime.

O homem mora nos fundos da casa de Alessandra, mas não foi localizado pela polícia.

A Polícia Civil de Pontes e Lacerda informou neste sábado (10) que o principal suspeito de ter cometido o crime é o cunhado de Alessandra. O nome dele foi divulgado como Arley Fagundes Ricardo. Ele está foragido e é procurado pela polícia.

O caso será investigado pela Polícia Civil.

O Saiba Tudo Mato Grosso (MT) é um site sem vínculos partidários, sem preconceitos ideológicos e não está a serviço de grupos econômicos. O nosso valor é a qualidade da informação.