Anúncios

Um barranco de aproximadamente 10 metros de profundidade soterrou o ex-prefeito de (730 km de ), no , na tarde da última quarta-feira, dia 14.

A Polícia Civil confirmou que Hermes Lourenço Bergamin, de 54 anos, morreu soterrado em um barranco no do “Porcão” , a 45 km do município já próximo ao distrito de Terra Roxa.

Reprodução

Estiveram se deslocando para o local da tragédia, a , Polícia Militar, Peritos da Politec, Samu e corpo de bombeiros.
Chegando próximo do garimpo, as viaturas retornaram para o local porque o corpo de Hermes estava no interior de uma caminhonete que era dirigida pelo ex vereador de Juína Robson Amorim Machado, que é amigo de Hermes. Também estava na caminhonete o filho dele, Eugênio Bergamin.

Todo o comboio de viaturas foram direto para o Instituto Médico Legal (IML), onde o corpo foi submetido a exame de necropsia. Dezenas de pessoas se fizeram presente no IML, e estavam comovidos e tristes com o acontecido, parecia não acreditar na morte precoce de HB.

O médico Emílio Pópulo, esteve no local acompanhando a família e amigos que foram em busca do corpo de Hermes Bergamin, onde falou que morte do empresário se deu por asfixia devido à quantidade de terra que caiu em cima do mesmo.

Emílio estava bastante emocionado, e ressaltou que Hermes era um ícone da cidade de Juína, sendo impossível contar a história da cidade sem que o mesmo seja lembrado, e enfatizou que Hermes Bergamin “morreu onde praticamente viveu” no garimpo fazendo o que gostava, e que será uma perda muito grande para a cidade de Juína, pois além de um empresário de sucesso, Hermes Bergamin estava prestes a entrar para o cenário político estadual, e que praticamente todos os juinenses lamentam a morte de Hermes Bergamin.

A família de Hermes assim que soube da notícia foram para o local dos fatos, onde lá chegando, os funcionários já haviam retirado o corpo do empresário do barranco onde havia sido soterrado, com ajuda de um trator que removeu a terra que estava sobre o corpo do empresário.

O investigador da Polícia Civil, Cleber Figueiredo falou que se deslocaram até o local dos fatos e no caminho encontraram o corpo do empresário que já vinha sendo trazido pela família, e que a Polícia Civil fará o registro de um boletim de ocorrências para os procedimentos de praxe e liberação do corpo para que seja velado.

Cleber Figueiredo confirmou ainda que não havia mais ninguém no local onde o empresário Hermes veio a óbito, pois alguns boatos circularam em grupos e whatssap e facebook, que havia mais pessoas soterradas, hipótese que foi totalmente descarta pela polícia.

Em vídeos cedido por sua assessoria é possível ver o ex-prefeito usando chapéu e camisa laranja trabalhando no garimpo.

https://youtu.be/rF1WQWP1ELw

História de sucesso

Hermes Lourenço Bergamin é de uma família pioneira e tradicional da cidade de Juína. Sempre conhecido pela atuação como empresário no ramo de mineração, agropecuária e ex-prefeito da cidade de Juína, onde exerceu sua gestão como prefeito do ano de 2013 a 2016, vindo ser candidato a deputado estadual no último pleito eleitoral, e obteve uma quantidade de mais de 17 mil votos válidos, ficando suplente a uma cadeira na Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso.

Velório

O corpo de Hermes Bergamin será velado inicialmente na residência dele, e terá a presença apenas de familiares e de amigos próximos. Próximo das 12h, o corpo será levado para a câmara municipal de vereadores, e lá os juinenses poderão dar o último Adeus a Hermes e prestar sua homenagem a ele.