Anúncios

Uniformes de times de apreendidos em operações realizadas pela Delegacia do Consumidor da , em 2017, foram doados para crianças e adolescentes de um projeto social em , região metropolitana de , na quarta-feira (10). Foram doados 232 itens, entre camisetas e bermudas.

Reprodução

Os produtos são réplicas de marcas consolidadas no mercado mundial e foram entregues às crianças por autorização da juíza Amini Haddad Campos, já que seriam destruídos.

Para o uso, a juíza determinou a retirada das marcas e símbolos falsificados das camisetas e shorts, com inserção do emblema da instituição beneficiada.

 

O pedido foi feito da Escolinha de Futebol Chuteirinha de Ouro, localizada no Bairro Imperador, em Várzea Grande, para atender necessidades de vestuário de crianças carentes com idades de 6 a 15 anos, atendidas pelo projeto.

A Delegacia do Consumidor fez o requerimento à Justiça e a magistrada permitiu a doação.

A entrega foi feita por policiais da Delegacia do Consumidor.

O projeto atende 50 crianças de bairros periféricos de Várzea Grande. As da escolinha de futebol são realizadas duas vezes por semana, depois do horário escolar.

Aos finais de semana (sábado ou domingo) acontecem os amistosos, com equipes de dentro e fora da .