Anúncios

Uma mulher, que residia em Altamira, no , veio para há cerca de dez dias para morar com um homem em Sorriso. Ela diz ter sido agredida e ameaçada de morte na semana passada.

A vítima foi à delegacia de na última segunda-feira (15) para relatar as agressões sofridas pelo marido. Ao chegar em Sorriso, a mulher disse que foi xingada e sábado (13), ao ir à praça do centro, na avenida Natalino João Brescansin, foi agredida com um tapa no rosto, além de chutada pelo homem.

Ela contou que o marido ainda tentou enforcá-la com uma corrente e agora está em um abrigo por não ter parentes em Sorriso e nem condições de pagar a passagem para voltar ao estado do Maranhão.

À polícia, a mulher de 27 anos declarou, ainda, que o marido disse que a mataria e depois desaparecia com o corpo dela.