Anúncios

Um carteiro denunciou uma jovem de 25 anos, identificada como T.M.B.D.,  que se negou a devolver um aparelho celular que recebeu em sua casa após o carteiro confundir o número de duas casas. O caso ocorreu em Barra do Garças (500 km de Cuiabá).

De acordo com as informações, a Polícia Civil por intermédio da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos – DERF/BG – foi acionada após o carteiro denunciar que uma jovem recebeu aparelho celular Galaxy J7 prime 2  no lugar de seu vizinho. Ela, porém, se recusou a devolver, mesmo após o profissional dos identificar o equívoco.

Segundo o trabalhador, o aparelho foi entregue em uma residência errada, pois na rua havia duas casas com a mesma numeração. Quando chegou na casa, perguntou para suspeita se o destinatário da correspondência morava ali. Em seguida, ela assinou o recebimento da mercadoria.

Após a entrega do celular, o carteiro descobriu que a encomenda tinha sido entregue no endereço errado. Quando retornou, a jovem negou que tivesse recebido o telefone. A suspeita chegou a dizer ao carteiro que “seria a palavra dele contra a dela”.

O delegado do caso, Wilyney Santana Borges Leal, disse que quando foi solicitado um exame grafotécnico para comprovar se a assinatura seria da jovem, ela então apresentou o celular.

A jovem foi autuada por estelionato e falsidade ideológica, já que teria assinado o nome da vítima.