Anúncios

Um motorista de ônibus identificado como C.O, de 47 anos, foi agredido na noite desta quarta-feira (5), por duas travestis na Avenida Fillinto Muller, em , que tentaram fugir do veículo sem pagar passagem.

De acordo com a , por volta das 19 horas uma equipe foi acionada para atender a ocorrência. Alexandre Vinicius Barbosa Monteiro, de 20 anos, que atende pelo nome social de “Sabrina” e o adolescente J.J.M, 16, conhecida como “Valentina”, teriam embarcado em um ônibus intermunicipal que faz a linha shopping pantanal/terminal de Várzea Grande.

Ao motorista, as suspeitas disseram que iriam carregar o cartão transporte no terminal de Várzea Grande. No entanto, quando veículo parou em frente do shopping, Sabrina teria saído correndo. Valentina teria tentado fugir também, mas não conseguiu, já que o motorista fechou as portas.

Neste momento, Sabrina teria retornado ao ônibus e começou a agredir o motorista junto com Valentina. Conforme a PM, ambas teriam deferido chutes e socos no rosto de J.J.M, que acabou com uma lesão no olho direto e abaixo da boca.

Durante as agressões, Valentina teria cuspido sangue no motorista e afirmado que seria portadora do vírus HIV. Sabrina, no entanto, negou que a amiga seria portadora do vírus e que ela teria extraído um dente. Ela também relatou que ambas teriam sido agredidas pelo motorista.

Conduzida à Central de Flagrantes de Várzea Grande, Sabrina foi autuada por lesão corporal dolosa, e Valentina encaminhada para a Delegacia do Adolescente de Várzea Grande.

Outro lado 

A empresa União Transportes se manifestou por meio de nota sobre o ocorrido. Confira a íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Um motorista da empresa União Transportes (Linha 24) foi agredido por dois passageiros após confusão na hora de pagar a tarifa, sendo que o  Alexandre Vinicius Barbosa Monteiro, de 20 anos, aproveitou o momento em que a porta dianteira do coletivo abriu para descer na parada do VG Shopping. A dupla embarcou na Praça Ipiranga, em  Cuiabá. O condutor do coletivo foi espancando com socos e chutes pelas costas, por um adolescente de 16 anos, com iniciais J.J.M,  que não satisfeito com a agressão física, ainda cuspiu no rosto do motorista e disse que era portador do vírus HIV e que o motorista iria pegar a doença e morrer.

Na confusão, Alexandre ainda tirou a chave do ônibus do contato, mesmo com o ônibus ligado e com passageiros dentro, e saiu correndo em direção ao Shopping de Várzea Grande e voltou com um extintor de incêndio nas mãos onde voltou a ameaçar o motorista. Ferido, o condutor do coletivo foi encaminhado ao Pronto Socorro de Várzea Grande, na sequência, prestou depoimento na delegacia e  passou por exames de corpo de delitos no IML. A polícia agiu rápido e os dois agressores foram detidos.

A MTU orienta aqueles que utilizam o sistema do transporte coletivo de Cuiabá e Várzea Grande que façam a recarga dos cartões transporte com antecedência, evitando assim possíveis transtornos. Existem várias formas de recarga: Promotores de venda distribuídos por toda a cidade, fazem a recarga; pelo smartphone, através dos aplicativos de (Recarga Agora- cartão de crédito), cabines da MTU Fácil, MTU Móvel, e centenas de PDVs (pontos de recarga), os endereços podem ser conferidos no portal amtu.com.br.

Veja vídeos registrados por testemunhas: 

https://youtu.be/65k5Gv7Znb0

https://youtu.be/0rGfxqIc-Oo

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.