Anúncios

São oito meses desde que  publicamos a primeira reportagem alertando sobre a situação da ponte sobre o Ribeirão Arareau, na Rua Dom Pedro II, que apresentava desabamento parcial do muro de contenção do aterro de uma das cabeceiras. Dois meses depois, com a continuidade das chuvas, o muro caiu por completo e a Prefeitura de Rondonópolis interditou parcialmente a ponte. Seis meses após essa interdição, enfim, o serviço de recuperação será iniciado.

Empresa já está atuando no local e tem prazo de 90 dias para concluir serviço – Foto: Roberto Nunes/A TRIBUNA

A partir de hoje (13), a ponte fica completamente interditada para o tráfego de veículos para que a obra seja realizada. A previsão é de que essa interrupção do trânsito se estenda por 15 dias. Como alternativa para o tráfego, a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Setrat) lembra que o motorista que estiver na Rua Dom Pedro II e quiser chegar ao Centro deve, como uma das hipóteses, virar à direita na Avenida Leopoldina Pinto de Carvalho até chegar na Rua Pedro Ferrer. Em outra hipótese, o motorista que estiver trafegando pela Rua Dom Pedro II pode virar à esquerda na Avenida Leopoldina Pinto de Carvalho até chegar à Rua Rio Branco, que terá o tráfego em sentido duplo para chegar até a Travessa Antônio Rodrigues dos Santos, permitindo que o motorista, virando novamente à direita, chegue na Rua Dom Pedro II.

Foto: Roberto Nunes/A TRIBUNA

A contenção da erosão na cabeceira ponte será executada pela empresa AI Fernandes Serviços de Eireli – EPP, com recursos próprios do Município, ao custo de R$ 255.348,59. O prazo de execução é de 90 dias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.