Anúncios

Acontecerá no próximo sábado (28), a partir das 9 horas, com saída da Praça Brasil, uma passeata em defesa da reabertura da da Santa Casa, que foi desativada no último dia 19 por falta de repasses do governo estadual. O evento foi definido ontem no Centro Integrado de Ensino (Cie), durante uma reunião para organizar mobilizações em defesa da causa e cobrar do Governo do Estado e da Prefeitura os repasses devidos para o serviço. A mobilização popular foi uma iniciativa da empresária Iracema Dinardi Peixoto e já conta com o apoio de centenas de pessoas e segmentos sociais da cidade.

Evento ocorrido ontem no Cie decidiu organizar uma passeata no próximo sábado na cidade – Foto: Divulgação

“Estamos convocando a cidade para estar presente neste manifesto pela reabertura da UTI Pediátrica da Santa Casa. A nossa saúde corre riso e temos que lutar por ela. O risco é para toda população que pode precisar do serviço. Estamos reivindicando a saúde num evento apartidário, que deve ocorrer em várias etapas, pois sabemos que não vai ser fácil o governo atender”, disse Iracema Peixoto.

Durante a reunião, ela ainda chamou atenção para o fato que não apenas a UTI Pediátrica da Santa Casa está com falta de recursos financeiros, mas muitos outros serviços. “A Santa Casa de Cuiabá está passando por dificuldades maiores e poderá fechar. Isso também pode acontecer em . A população precisa se movimentar e cobrar do Estado a sua responsabilidade com a saúde pública”, externou.

O fechamento da UTI Pediátrica estava previsto para o dia 15 de julho, mas, em um voto de confiança, o hospital estendeu o prazo para o dia 19 de julho, aguardando o recebimento de repasses atrasados que foram prometidos. Como isso não aconteceu, os leitos estão agora fechados.

A decisão foi tomada após uma reunião realizada no hospital, em que o , negou repasses atrasados à Santa Casa. Sem novas internações desde o início do mês, havia na unidade apenas uma em atendimento, que foi transferida para a UTI Neonatal, em um leito adaptado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.