Anúncios

O caso da , 46, moradora de , que morreu no Rio de Janeiro após ser submetida a um procedimento estético para aumento dos glúteos, ganhou destaque na imprensa internacional.

Interesse de taboides internacionais pelo assunto, na verdade, é por causa do médico Denis Cesar Barros Furtado, 45, o , que realizou o procedimento na paciente dentro do apartamento dele e está foragido da Justiça.

Famoso nas redes sociais, o Doutor Bumbum gostava de se exibir contando piadas, mostrando os músculos e também fotos e vídeos de procedimentos realizados em pacientes. Ele tem perfis ativos no , , no Periscope, no e no YouTube.

No Instagram, até a noite desta terça-feira (17) o cirurgião exibicionista tinha 660 mil seguidores, quase 3 vezes mais do que o médico Robert Rey, que ficou conhecido na como o Dr. Hollywood por operar celebridades e contabiliza 278 mil. Mas foi somente após a morte da bancária cuiabana que Denis foi parar nas páginas policiais dos londrinos “Daily Mail” e “Metro”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.