Anúncios

Welington da Silva Minare, 25, morreu na noite de segunda-feira (23) depois de manter uma vítima em seu poder por mais de 10 horas, e tentar atirar contra policiais do Grupo Especial de Fronteira () próximo à entrada da comunidade de Horizonte do Oeste em Cáceres (225 km de Cuiabá-MT).

Segundo consta as informações do boletim de ocorrências, a equipe do Gefron realizava bloqueio na referida BR, quando em determinado visualizou um caminhão basculante com uma pá carregadeira seguindo sentido Brasil/Bolívia e ordenou que o mesmo parasse para abordagem.

Antes de frear completamente, duas pessoas desceram do veículo e fugiram para a região de mata, uma terceira pessoa que conduzia o caminhão, parou o automóvel e correu em direção aos militares pedindo ajuda.

A vítima informou a equipe, que três homens armados haviam roubado o referido veiculo no município de da Serra (242 km da Capital) no Assentamento Antônio Conselheiro, e que foi mantida em cárcere privado por aproximadamente 10 horas, onde foi obrigada a conduzir o veiculo tendo em vista os suspeitos não possuir habilidades para sua condução.

Foi solicitado apoio do Canilfron para buscar os suspeitos e abordagens em veículos que trafegavam pelo mesmo trajeto, quando por volta de 21h30min foi avistada movimentação na área de mata as margens da rodovia, e quando os policiais se aproximaram perceberam a presença de duas pessoas, sendo Welington e seu comparsa Carlos Henrique da Silva, 32.

Foi dada a ordem de parada, mas Welington resistiu e sacou um revólver para atirar contra os policiais que revidaram a ação e disparou contra os suspeitos. A dupla ferida foi encaminhada pelos militares para o Hospital Regional de Cáceres e Welington não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Com os suspeitos os policiais apreenderam um revólver calibre 38 com seis munições e o da vítima. O terceiro suspeito de participar da ação criminosa não foi localizado até o momento.

Arma apreendida com os criminosos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.